Páginas

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Biopirataria

Biopirataria no Brasil

A grande biodiversidade do país e a falta de políticas governamentais para sua proteção, de pesquisas e aproveitamentos econômicos, são algumas causas para a biopirataria. O termo biopirataria está ligado a empresas que usam ilegalmente nossos bens naturais, conseguindo criar produtos e se beneficiar da sua comercialização. Isso também é chamado de biogrilagem.

A organização não governamental Rede nacional de combate ao Tráfico de Animais Silvestres (Renctas) estima que cerca de 38 milhões de animais da Amazônia, da mata Atlântica, do Pantanal Mato-Grossense e do semi-árido sejam capturados por traficantes de animais, que faturariam cerca de 1 bilhão de dólares por ano, ou seja, 10% do comércio ilegal do mundo, segundo o IBGE. Segundo a Renctas, a cada 10 animais traficados, 1 chega a seu destino final (9 morrem na caça ou no transporte). O tráfico de animais é punido no Brasil com prisão de 6 meses a 1 ano, além de multas de até 5,5 mil reais por exemplar.

Grupo:João Marcos,Henrique,Marlon,Luan e Arthur

sábado, 20 de novembro de 2010

Não deixe de ler a aba Bullying,para ler sobre preconceitos e Bullying nas escolas.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Costumes alimentares da Amazônia

A culinária amazonense é uma das mais exóticas do país com forte influência indígena. Utilizando da natureza para tirar seu sustento, como frutas, leguminosas, verduras e a caça de aves, peixes e animais entre outros mais.

Os indígenas possuem uma alimentação com produtos naturais tais como mandioca, batata, milho e arroz em suas receitas, que são nutrientes indispensáveis para a nossa saúde; com um jeito próprio de preparar os alimentos, que podem ser cozidos, assados ou defumados e o uso de seu vocabulário e hábitos indígenas como: tucupi, tacacá, cupuaçu.

Algumas comidas que hoje possuem grande influencia da culinária indígena, como a farinha de mandioca, a tapioca ou biju, o pirão, a pamonha e o fubá.

Em geral, os índios têm uma alimentação variada e equilibrada. A carne – seja de peixe ou de caça – é a sua principal fonte de proteínas. Sua alimentação é baseada nos peixes de rio como o tucunaré, pintado, tambaqui, deliciosos pratos como, pato no tucupi, tacacá, tambaqui na brasa, e pratos que são temperados com pimenta.

Em geral, os índios têm uma alimentação variada e equilibrada. A carne – seja de peixe ou de caça – é a sua principal fonte de proteínas. Sua alimentação é baseada nos peixes de rio como o tucunaré, pintado, tambaqui, deliciosos pratos como pato no tucupi, tacacá e tambaqui na brasa, que podem ser temperados com pimenta.

Doces como a pamonha, doce de buriti, pudim de cupuaçu feitos com frutas exóticas, como o açaí e o cupuaçu, são um grande atrativo da culinária do Amazonas.

Frutas, como o cupuaçu, açaí, bacuri, taperebá, uxí, graviola, castanha-do-pará, tucumã, sapota, camu-camu, ingá-açu, sapucaia, araçá, biriba, buriti cupuaçu, noni, pitomba, cubiu, pupunha entre outras podem ser usadas no preparo de sorvetes, doces, refrescos ou sucos, e fazem parte da alimentação do povo da região do Amazonas.

Algumas frutas:


Açaí

Graviola


Cupuaçú


Araçá-boi


Sapota


Guaraná


Buriti


Ingá


Noni

Fontes:

http://cyberdiet.terra.com.br/conhecendo-a-culinaria-brasileira-regiao-norte-2-1-1-592.html

http://www.timoteo.cam.mg.gov.br/historia/casa-de-memoria/comida-tipica

http://www.alienado.net/alimentacao-dos-indios/

TRABALHO POR:
Talita Amanda, Carolina Dutra, Beatriz,Isaura Mello

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Reflorestamento na Amazônia










Como já sabemos a Amazônia é a maior floresta do mundo, uma riqueza muito grande para o nosso país. Mas esta riqueza esta sofrendo cada dia mais com a ação do homem, que só sabe destruir mais e mais a nossa beleza natural.

Mesmo com todas as ajudas para conseguir parar o desmatamento na região e tentar salvar a nossa linda floresta, ainda é difícil, pois existem muitas partes que já foram muito prejudicadas pelas queimadas e o desmatamento.

Muitas indústrias madeireiras estão devastando nosso grande verde, liderando o corte de árvores em áreas proibidas. Mas mesmo existindo empresas que querem acabar com a floresta também existem as que querem ajudar pelo menos um pouco.

Essas empresas trabalham com o reflorestamento, ou seja, eles derrubam árvores para a produção, mas plantam árvores em seus lugares. Entretanto, mesmo sendo uma boa ação que poderia ser repetida por muitas outras empresas, o reflorestamento, infelizmente, não recupera a biodiversidade da Amazônia.


Fonte: http://007blog.net/reflorestamento-da-amazonia/

Texto: Milena Ruffo,Maria Gabriela Steiger e Isabela Reis

Imagens: Maria Gabriela Steiger


Ekoaboka Amazônia!

A Amazônia, nossa floresta com 60% de território brasileiro, é considerada o pulmão do

mundo. Mas esse pulmão vem sofrendo com o “cigarro” das queimadas e com o

maltrato, cortando “veias e mais veias” de árvores.

O que eu quis dizer é que a Amazônia a cada dia, a cada

mês, a cada ano, a cada década vem sendo mais prejudicada pela ação do homem: desmatamento para a exploração de madeira e para ampliar a quantidade de hectares para pasto; queimadas, em que os agricultores têm preguiça de cortar o mato e acabam por queimar tudo; poluição nas águas e mudanças climáticas, devidas ao aquecimento global que vem aumentando a temperatura média da região.

A Amazônia, pelo que se apresenta hoje em dia, precisa urgentemente de campanhas de conscientização pela preservação. Para isso acontecer cada pessoa que causa ou causou algum dano à floresta tem que rever seus conceitos e parar. Não adianta uma parte da população ajudar e outra parte não, pois o desmatamento é bem mais rápido que o crescimento das novas árvores que constituirão as florestas.

Por isso, precisamos acordar e pensar no futuro de nossas vidas, na natureza, nos bichos que entrarão e já entraram em extinção. Precisamos pensar como nossos filhos e netos sobreviverão na selva de concreto, cheia de poluição. EKOABOKA* para o futuro da Amazônia, Ekoaboka... As autoridades devem aumentar a fiscalização e criar leis mais severas contra quem promove a destruição deste bem. Preserve o meio ambiente, preserve a Amazônia, sua vida e a natureza agradecem.

*Ekoaboka: Mudar, mudança, transformação.

Pesquisa: Rodrigo Faria Ribeiro e Rafael Scafuto

Busca de Imagens: Rodrigo Faria Ribeiro

Redação: Rodrigo Faria Ribeiro e Rafael Scafuto

Fonte: http://007blog.net/preservacao-da-amazonia/

sábado, 13 de novembro de 2010

Culinária do Norte/Amazônia

“Pode ser considerada a cozinha mais nacional das cozinhas brasileiras.”

A culinária amazônica reúne receitas indígenas, européias e africanas, além de toques especiais trazidos pelos japoneses, libaneses e nordestinos que migraram para a região Norte na época do ciclo da borracha.
O peixe (por ter uma grande quantidade de rios) e a mandioca são ingredientes básicos da cozinha amazônica. A mandioca é preparada de várias maneiras: transformada em farinha para fazer o beiju ou a tapioca e misturada com água para o chibé ou o caribé (espécie de mingau). Os peixes mais usados na culinária são o pirarucu, tucunaré, tambaqui e surubim.
O açaí, o guaraná, a castanha-do-pará, o piqui, a pupunha, o murici e o cupuaçu são os frutos mais conhecidos da região Norte. São utilizados de várias maneiras: o açaí pode ser misturado com a farinha de mandioca ou ser tomado como suco ou sorvete, as castanhas são consumidas assadas, recobertas com chocolate, utilizadas em bolos, tortas ou outros tipos de doces.

Exemplos:

Piquiá: Fruto forte e oleoso, que costuma ser cozido para comer no intervalo das refeições, mas muita gente faz dele a sua refeição. Pode-se também beber o licor de piqui, uma bebida considerada fina.

Tucupi: É um líquido amarelo que se obtém com a fermentação do suco da mandioca e acompanha vários pratos, como o pato no tucupi.

Pupunha: Uma espécie de coquinho verde, bastante oleoso, que é fervido com sal para ficar vermelho ou amarelo. Pode ser salgada, mas também pode ser adoçada, virando a sobremesa.

Bacuri: Metade flor e metade fruto; deve ser colhido e comido em 24 horas, senão perde o frescor da polpa, azeda e apodrece. É possível comê-lo fresco, mas pode ser servido como doce em calda, como sorvete, cremes e pudins. O bacuri disputa com o cupuaçu a preferência local.

Pirarucu: Sua carne é branca, macia, muito saborosa, e é consumida grelhada, desfiada ou cozida.

Filé pirarucu: Conhecido também como o “bacalhau brasileiro”.

Fontes:

http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/social/gastronomia-tipica/culinaria-da-amazonia-tem-influencia-indigena-10285.asp

http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/index.php?option=com_content&view=article&id=552&Itemid=182

Grupo: Carolina Santo; Ana Carolina Bassoli; Deborah Santos.
Imagens, pesquisa, postagem, edição (tudo): Ana Carolina e Deborah.
Sala: 6m3

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A DESNUTRIÇÃO


A desnutrição é uma doença causada pela dieta inapropriada, hipocalórica e hipoprotéica. Também pode ser causada por má-absorção de nutrientes ou anorexia. Tem influência de fatores sociais, psiquiátricos ou simplesmente patológicos. Acontece principalmente entre indivíduos de baixa renda e principalmente nas crianças de paises não tão desenvolvidos. Segundo os médicos, a cada ano de 3,5 a 5 milhões de crianças menores de cinco anos morrem de desnutrição.

Causas: A causa mais frequente da desnutrição é a má alimentação. Pode ser causada também pela dificuldade de alimentação. Ou então por vermes roubando nutrientes e te deixando desnutrido.

Consequências: Coração: o coração perde massa muscular, assim como os outros músculos do corpo. Se a doença estiver mais avançada, pode levar há insuficiência cardíaca e até mesmo á morte.

Sistema imunológico: torna-se ineficiente. O corpo humano não vai ter os nutrientes necessários para produzir as células de defesa. Então ocorrem, infecções intestinais, respiratórias e outros acometimentos. A cicatrização é lenta.

Sangue: É possível ocorrer um quadro de anemia relacionada à desnutrição.

Solução: A desnutrição não é um problema difícil, tampouco caro de se resolver. Segundo Dr. Hugo, do ponto de vista nutricional as soluções são simples e baratas, porém elas precisam vir acompanhadas de mudanças também no quadro social. Para ele, a solução passa pela reeducação alimentar da criança e da família, acompanhada de uma estruturação social que possibilite a essa família manter a qualidade de vida. "Vai além de tirar a criança do quadro de desnutrição, é uma questão política, social e educacional", diz.

Uma alternativa que tem mostrado resultados é a alimentação alternativa. A idéia começou a ser disseminada pela Pastoral da Criança, e consiste no aproveitamento máximo dos alimentos, evitando desperdícios e buscando novas fontes de nutrientes. A mais conhecida é a Farinha Múltipla, feita com farelos (de arroz e de trigo), da moagem de folhas verdes (de mandioca, batata-doce, abóbora) e de sementes (de girassol, melancia, etc.). Tudo isso moído, tostado e peneirado vira uma rica fonte de nutrientes.

Outro trabalho que vem trazendo soluções no Estado é o Projeto Ser Criança. Ele procura dar um atendimento integral às gestantes e às crianças de 0 a 6 anos, com o objetivo de aumentar o Índice de Desenvolvimento Infantil (IDI) e diminuir a mortalidade. Para tanto, o projeto envolveu três secretarias estaduais: da Saúde, da Educação e do Combate à Pobreza. A meta é atingir todos os municípios sergipanos até 2006.



Conclusão:

A desnutrição é um problema que ocorre quando o organismo se encontra carente de nutrientes essenciais para seu funcionamento. Tal problema pode se originar por causa de dietas desbalanceada má alimentação, anorexia, má absorção dos nutrientes por parte do intestino, perda excessiva de nutrientes provocada por alguma doença, insuficiência renal e outros agravantes. Normalmente, a desnutrição acontece em pessoas de baixa renda que não conseguem se alimentar da forma que o organismo precisa para funcionar bem.

Está comprovado que pessoas desnutridas estão mais propensas a doenças, pois esse problema debilita o sistema imunológico, facilitando o aparecimento de doenças oportunistas. Para reverter o quadro de desnutrição, é necessário ingerir alguns complexos vitamínicos e adotar uma dieta equilibrada, a fim de manter a quantidade essencial de água no organismo e ainda combater a perda de peso.



Mais informações sobre a desnutrição neste vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=7SwPp1b2CME&feature=player_embedded


Alunas : Carolina Dutra e Isaura Mello

Fonte: http://www.mundoeducacao.com.br/doencas/desnutricao.htm



segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Aliciamento de menores

Eu e meu grupo ficamos muito interessados no nosso tema. Então resolvemos fazer uma entrevista com um profissional que, com certeza, poderia tirar algumas dúvidas nossas.

Nome: Waldemiro Eugênio Filho

Idade: 46 anos

Profissão: Investigador de Polícia

Ingresso na profissão: Maio/1986

Perguntas:

- Pedofilia, Prostituição, Trabalho infantil escravo. Dentre esses tipos de aliciamento de menores, qual é o de maior incidência?

Definição de aliciamento, segundo o dicionário Michaelis.


Michaelis

-aliciar-

  • (a.li.ci.ar)

v.

1. Convencer ou estimular (alguém), por meio de promessas ou favores enganosos, a participar, colaborar ou agir com cumplicidade.

2. Atrair ou conquistar a confiança de (alguém) e estimulá-lo a agir de certa maneira; incitar, instigar.

3. Obter ou conquistar por meio de atração, sedução, promessas etc.

Waldemiro: Acredito que, dentre as formas de aliciamento citadas, a prostituição, seja a mais incidente entre a camada jovem da sociedade.

Sabemos que as estatísticas não revelam o quadro com a devida clareza e, em minha região de atuação, 4° Departamento de Policia Civil, que abrange, além de Juiz de Fora, municípios como Muriaé, Leopoldina, dentre outros que se situam às margens da BR 116, podemos observar que a prostituição infantil alcança números extraordinários.

O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) em seu Capitulo V, artigo 6, diz: “É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz”. Temos percebido que o cenário nacional em âmbito trabalhista ancora-se no quesito escolaridade. Diante disso, e perante o quadro de pobreza que assola os adolescentes que se prostituem, principalmente os menores de quatorze anos, podemos enumerar diversas causas para a prática de tal ato, dentre elas: o desejo de suprir necessidades básicas, como comprar um batom, um aparelho celular; ajudar no sustento da casa e etc.

A prostituição se dá a troco de quantias miseráveis, deixando nossos adolescentes suscetíveis a contraírem DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis) de toda sorte.

Na atualidade, podemos atribuir o alto índice de prostituição infantil ao consumo precoce de drogas por parte dos adolescentes. O crak ganhou espaço por míseros reais. E os meninos, em contrapartida, viram soldados do tráfico de entorpecentes e, em outras opurtunidades, garotos de programa.

Para você ter uma ideia do que faz um menino que mora no interior, no local que denominamos roça... Não pode trabalhar porque antigamente os proprietários de sítios e fazendas (exploravam o trabalho infantil), mas em esses meninos aprendiam as tarefas diárias de sua região e hoje a lei impede que eles possam iniciar o trabalho.


Qual é o perfil de cada um dos aliciadores de menores?

Aliciar| v. tr.

Do Lat. *alliciare por alicere

v. tr.,

atrai a si com promessas enganosas;

seduzir;

subornar;

induzir a actos de rebeldia.

Basicamente, aliciar é “engambelar”, prometer presentes, dinheiro, fama, fortuna, e etc. para atrair a pessoa, ou induzí-la a atos de rebeldia

Não encontrei o crime de aliciamento de menores no código penal, mas encontrei o crime de corrupção de menores:

Corrupção de menores

Art. 218 – Corromper ou facilitar a corrupção de pessoa maior de 14 (quatorze) e menor de 18 (dezoito) anos, com ela praticando ato de libidinagem, ou induzindo-a a praticá-lo ou presenciá-lo.

Pena – reclusão, de um a quatro anos.

FONTES:

http://www.planalto.gov.br/ccivil/

Preste bem ATENÇÃO. ALICIADOR NÃO TEM CARA, NÃO TEM CORAÇÃO,ele simplesmente aproveita o seu estado de espírito triste, chorando, e se aproveita de sua fragilidade para obter sucesso em sua empreitada, ou seja, na sua cantada. Portanto deve-se observar algumas

REGRAS BÁSICAS:

  • Evitar demonstrar suas emoções quando sai de casa, (se tiver de chorar, chore em casa, nunca na rua);
  • Ao falar ao telefone celular, jamais fale muito alto ou brigue com quem estiver do outro lado da linha;
  • Jamais exponha sua família e seus problemas a estranhos e, quando estiver se confidenciando a um(a) amigo(a), perceba se não tem alguém ao lado prestando atenção na conversa;
  • NUNCA, NUNCA, NUNCA, aceite qualquer tipo de oferta de pessoas estranhas, é aqui que mora o perigo. Cuidado em festas onde haja pessoas estranhas ao seu convívio com um copo de bebida. Sugestão: beba e largue o copo; quando der vontade de beber, pegue outro copo - jamais deixe seu copo de bobeira. O “boa noite Cinderela” é fato.

Em sua opinião, porque os menores se prostituem?

Vários são os motivos que levam os menores a se prostituírem. Tentarei numerar algumas:

- Falta de religião, família, educação.

- A pior de todas elas, renda. Você desejar obter um bem e saber que não reúne condições para obter.

Qual é o percentual de crimes envolvendo menores?

Muito alto atualmente em Juiz de Fora. Os menores tem se envolvido muito com o tráfico de drogas e consequentemente homicídio (matar alguém, crime previsto no artigo 121 do Código Penal). Bairros de maior incidência: Olavo Costa, Furtado de Menezes, Vila Ideal, Vila Esperança I e II, Santa Cruz.

O grupo (Milena, Maria Gabriela e Isabela) achamos muito interessante o assunto para mostrar para todo o mundo como está o nosso país hoje em dia.

Nossa conclusão:

Aliciamento de menores seria qualquer tipo de “ação” envolvendo um menor, sendo essa

“ação” criminosa ou fazendo com que o menor seja a vítima. Como exemplos, temos o trabalho infantil, a prostituição infantil e a pedofilia, que, como vimos ao longo dos posts, são na maioria das vezes causados por falta de dinheiro para o próprio sustento e o de familiares.

Entrevista: Isabela e Milena

Conclusão: Maria Gabriela

Fotos: Milena e Isabela

Complementos: Milena

Espero que tenham gostado!

Violência nos Estádios



Muitos torcedores vão ao estádio para torcer, mas alguns vão para arranjar confusão -geralmente membros de torcidas organizadas.

Mas o que é uma torcida organizada? Trata-se de uma associação de torcedores de um determinado clube esportivo no Brasil ou no mundo. A maioria das torcidas brasileiras são uniformizadas, ou seja, seus membros usam roupas com a marca da própria torcida. Essas pessoas uniformizadas só sabem arranjar confusão, como a torcida organizada do Coritiba fez quando o clube foi rebaixado ano passado. Na ocasião, a polícia tentou conter a torcida, mas não conseguiu. Muitas pessoas ficaram feridas neste confronto.
Muitos clubes estão tentando fazer parceria com sua torcidas para tentar diminuir a violência nos estádios, mas não está dando muito certo. A torcida organizada mais violenta do Brasil e a Mancha Verde , do Palmeira de acordo com o ex-técnico do Palmeiras: "Essa Mancha Verde vem há anos fazendo isso. Essa é a característica desta torcida. A torcida mais violenta que tem é a torcida do Palmeiras, que sempre pegou jogador", afirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo, que lembrou várias agressões da torcida.
"Quando eu estava no Bragantino eu vi um cara morder um cachorro e quebrar ele no meio. Também pegaram a bicicleta de um torcedor e levaram dentro de um ônibus e jogaram uma moto dentro de um lago", disse o treinador.

Fonte:www.terra.com.br
Grupo:Henrique,João Marcos,Arthur e Luan



Um pedaço de Ouro Preto


A cidade foi fundada em 1711, em origem do arraial do Padre Faria e em outros arraiais, tendo recebido o nome de Vila Rica. Anos depois foi escolhida como capital de capitânia das Minas Gerais (1720). Em 2 de Setembro de 1980, foi tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade, instituído pela Unesco (Organização nas Nações Unidas para Educação). Ouro Preto tem uma história de relevante importância para o Brasil, pois serviu como campo manifestações históricas e culturais na época da descoberta do ouro no país. Foi cenário do movimento da Inconfidência Mineira, evento em que a elite lutou contra a exploração do ouro em favor de melhores condições de vida para o povo brasileiro. A escolha do nome foi baseada nas riquezas ali existentes, que fazia grande movimentação econômica da região e do país. Primeiramente recebeu a alcunha de Vila Rica, passando mais tarde a ter o nome de OURO PRETO.


Museu Aleijadinho



O museu Aleijadinho foi criado em 1968 com a finalidade de reunir em um só espaço peças de arte sacra e documentos gráficos com o precioso trabalho desse artista. Suas obras estão expostas em 4 diferentes ambientes: sala da Sacristia, sala da Cripta, Igreja de São Francisco de Assis e Igreja Nossa Senhora da Mercês. Apesar de ter a maior parte de intenso fluxo turístico focado na arquitetura e importância histórica, o município possui um rico e variado ecossistema em seu entorno, com cachoeiras, trilhas seculares e uma enorme área de mata nativa.


Teatro Municipal de Ouro Preto



Fechado há mais de um ano para reforma, o Teatro Municipal, antiga casa de ópera de Vila Rica, é o mais antigo em funcionamento das três Américas. Foi inaugurado em 06/06/1770 com 400 lugares. O Teatro é hoje um dos monumentos mais visitados de Ouro Preto.A casa da Opera é um movimento de valor arquitetônico, estético e antropológico.
Tradições de Teatro:No início do século XVll, as mulheres não podiam atuar, seus papéis eram representados por homens. Tempos depois ele foi o primeiro teatro das Américas a receber mulheres em seu palco. Nele, passaram obras importantes, tais como :- Alexandre da Índia;- A Ciganinha ;- Triunfos de São Francisco e mundo da Lua;- Também o político e embaixador Rui Barbosa discursou no palco do Teatro Municipal de Ouro Preto.

Fontes: http://viagem.decaonline.com/imgs/Minas%20-%20Ouro%20Preto_circuito2.jpg
www.cidadebrasileira.brasilescola.com
http://casadaoperaop.wordpress.com/historia/

Texto:Carolina Rodrigues,Ana Carolina Bassoli e Deborah Santos
Imagem :Carolina Rodirgues,Ana Carolina Bassoli e Deborah Santos
Grupo:Ana Carolina Bassoli,Carolina Rodrigues e Deborah Santos.